Um paraíso na terra. Essa é Jericoacoara.

Ou simplesmente Jeri, para os mais íntimos – e você vai querer ser íntima desta beleza cearense que é considerada uma das mais belas praias do mundo.

Ladeada por imensos paredões de dunas e um mar de azul onde se formam lagoas azuis na maré baixa e que convidam ao banho preguiçoso. Jericoacoara é surpreendente a cada olhar que damos, e um terreno fértil para belíssimas fotos.

E cenário de encher os olhos é o que não falta nesta maravilha da natureza que felizmente é preservada, com uma rede hoteleira, de bares de restaurantes que se integram e fazem de Jeri a estrela única da região.

Separei 4 lugares para fotografar em Jericoacoara. Claro que a lista não termina aqui, você irá descobrir muito mais. Relaxe a aproveite!

Mas antes: Jericoacoara é uma cidade?

De tão famosa no mundo, Jericoacoara tornou-se a referência de uma região, mas o município é Jijoca de Jericoacoara, onde existem diversas praias e Jeri a mais famosa – mas não perca as demais, são muito belas.

Jijoca fica a 370 quilômetros de Fortaleza e continua guardando os aspectos selvagens de suas belezas naturais e pitorescos da vida dos habitantes, mesmo com o grande crescimento do turismo nas últimas décadas.

A região também é muito apreciada pelos praticantes de surf.

1 – Para fotografar em Jericoacoara: Pedra Furada!

Comece pelo ponto turístico mais famoso da região. A Pedra Furada é uma imensa formação rochosa formada pelas ondas ao longos dos séculos.

Uma imensa pedra com uma passagem em forma de arco, que é melhor apreciada na maré baixa para ver as piscinas naturais e as cavernas que a natureza formou.  Os raios solares formam imagens sempre únicas nas formas da pedra. Prepare-se para uma caminhada de 30 minutos, que valerá muito a pena no final.

2 – Para fotografar em Jericoacoara: um dia de sol de tirar o fôlego!

Por sua posição geográfica, Jericoacoara é um dos poucos lugares que permite vermos o nascer e o pôr do sol no mar. Só isto já garante o espetáculo.

A Duna do Pôr do Sol é o lugar preferido para assistir este momento em que, por cerca de 30 minutos, o sol mergulha no oceano, mudando a tonalidade da praia e das dunas.

É o momento perfeito para belas fotografias e selfies.

3 – Para fotografar em Jericoacoara: Mangue Seco!

Jijoca de Jericoacoara ainda preserva todas as características culturais e grande parte da economia que sustentou a região por séculos. E conhecer Mangue Seco é estar em contato com o mais humano desta região.

É um povoado de pescadores em meio a dunas. Vivem ali cerca de 200 famílias  e podemos encontrar uma belíssima lagoa de cor azul esverdeada e a vegetação de árvores de mangue característica da região.

É imperdível para belas fotos de pessoas, do dia a dia delas e da integração respeitosa entre o ser humano e a natureza. O acesso ao local é feito por balsa.

4 – Para fotografar em Jericoacoara: Tatajuba e sua incrível história!

Uma história que começou aos poucos e com tons de tragédia, tornou-se exemplo de superação, símbolo do pequeno vilarejo e atração turística obrigatória.

Nos anos 80, Tatajuba começou a ser, em um processo constante e inevitável, soterrada pela areia. O vilarejo começava a subir embaixo da areia. Os habitantes então foram movidos para o outro lado do rio, criando a Nova Tatajuba.

O cenário é historicamente impressionante: um vilarejo de frente para as suas próprias ruínas.

 

Além disto, tem o cenário das grandes dunas formadas, os coqueirais e a vida tranquila e acolhedora dos nativos. Alguns se tornaram guias turísticos e atravessam o rio todos os dias para contar, em meio a casas parcialmente soterradas, a história da vila que renasceu da areia.

 

Gostou destas dicas? Saiba mais sobre Jericoacoara.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.