Unir o talento para a Fotografia com o potencial de ganhar dinheiro é uma ótima possibilidade de sentir-se satisfeito em trabalhar no que gosta, que é o sonho de todos os profissionais.

Algumas ações são importantes para transformar a paixão pela Fotografia em um negócio lucrativo. Vamos falar de alguns delas. Tenho a certeza de que, ao pratica-las, você se sentirá ainda mais motivado com o prazer de fotografar!

Antes de começar: pense como empreendedor no negócio de Fotografia!

A sua paixão por fotografar e o desejo de usa-la como um negócio lucrativo são fundamentais. Porém, também é importante adotar uma mentalidade empreendedora para o negócio.

Avaliar que a sua arte precisa de uma série de condições técnicas, financeiras e administrativas para acontecer como um produto eficiente, reconhecido por sua qualidade e lucrativo.

Os próximos passos devem ser todos pensados com esta mentalidade e a possibilidade de sucesso será maior.

Especialização: passo 1 para o negócio em Fotografia.

Como fotógrafos amadores, experimentamos de tudo e temos nossas preferências. Elas podem até se tornar o nicho onde atuar profissionalmente, porém é importante se perguntar se este nicho dará o retorno financeiro que justifique o investimento que virá.

Existem diversos segmentos de Fotografia – festas e ventos, fotojornalismo, cinema, propaganda, e-commerce e outros. Avalie o potencial de mercado de cada um e o quanto você se sente confortável atuando neles.

Certamente encontrará o segmento que vai unir a motivação com a possibilidade de sucesso e ganhos. E você pode até escolher mais de um, mas recomendo que sejam similares – por exemplo, casamento e eventos corporativos. Assim você poderá investir em técnicas e equipamentos em comum.

Qualificação: passo 2 para o negócio em Fotografia.

Como hobby, podemos desenvolver uma série de técnicas e domínio de equipamentos, mas a Fotografia como negócio exige melhorar essas técnicas, conhecer outras e dominar equipamentos diferentes ou mais complexos.

No dia a dia, sempre somos desafiados e precisamos estar preparados para entregar o melhor trabalho. Estudar em cursos voltados aos segmentos de Fotografia onde você quer atuar aumentam as chances de um trabalho com qualidade, satisfação do cliente e mais negócios.

Plano de Negócio: passo 3 para o negócio em Fotografia.

Definido o nicho (ou nichos) onde vamos atuar, e com a qualificação em andamento, o Plano de Negócio é o momento crucial de nascimento da atividade profissional de Fotografia.

Neste trabalho, definimos todos os pontos técnicos, financeiros e administrativos que envolvem a construção, a manutenção e o crescimento do negócio. Os principais são:

  • Reafirmar os segmentos de atuação.
  • Definir os investimentos necessários em equipamentos.
  • Identificar o público-alvo.
  • Definir as estratégias de marketing e propaganda.
  • Criar os processos de captação de clientes, negociação, atendimento e pós-venda.
  • Orçamento de receitas e despesas (detalhado).

A lista é maior e, com esta visão ampla do negócio, podemos aprofundar todas as questões e as decisões para cada uma e começar o negócio com foco e eficiência, trabalhar na melhoria contínua, no crescimento e aumentar as possibilidades de sucesso.

Plano de Marketing: passo 4 para o negócio em Fotografia.

No Plano de Marketing são definidas as ações a serem tomadas para tornar o seu produto visível ao público-alvo, atrai-lo, fazer negócios e fideliza-lo. E as principais estratégias hoje em dia estão no marketing digital, usando o grande potencial de mercado que está todos os dias na internet .

Imagine o tamanho do mercado de pessoas interessadas em fotógrafos para casamentos, aniversários e eventos corporativos que podem ser alcançados se o seu negócio surgir digitalmente. Isto deve ser feito de forma atraente e natural, com conteúdo e informação para cativar estes possíveis clientes antes mesmo do pensamento em comprar o seu produto.

Podmeos afirmar que um marketing digital eficiente – e que, acredite, custa muito menos do que imaginamos – é a grande porta de entrada para as suas vendas. E também para a geração de valor para a imagem do seu negócio.

Qualificação Empresarial: passo 5 para o negócio em Fotografia.

A expressão pode assustar, mas atingi-la é mais simples do que possa parecer. E ainda assim é fundamental para que o seu negócio seja financeiramente bem-sucedido.

Existe uma série de aspectos que precisamos dominar para gerir o negócio: fluxo de caixa, programação de compras e pagamentos, orçamento mensal, administração do tempo, gestão da produção (as fotografias são o seu produto vendido), formas de recebimento, entre outros.

Aqui, é preciso mais do que talento e os equipamentos certos para estruturar seu negócio de Fotografia. A organização e a gestão serão fundamentais para obter os resultados financeiros desejados.

E a qualificação empresarial, com ótimos cursos online, é fundamental para este trabalho. Recomendo conferir aqui uma lista de cursos na área administrativa, gratuitos e online, que podem te ajudar a ter sucesso na gestão, e a partir daí colher os melhores resultados que o seu talento poderá proporcionar.

Leave a Reply

Your email address will not be published.